Edição: 11992 Data: 29/04/2017

Editorial - Coluna 2

Coluna 2

29/04/2017


Por Antonio Augusto




Pessoal da AABB (Associação Atlética Banco do Brasil) pedindo para divulgar a programação para os próximos dias e que começa com um almoço, no dia 7 de maio, com o seguinte cardápio: costela no rolete com acompanhamento de arroz, feijão, farofa, salada e mandioca, com os convites para sócios e convidados ao preço de R$ 20,00 por pessoa; dia 10 de junho, jantar dançante para sócios e convidados pelo valor de R$ 45,00 por pessoa; dia 19 de agosto, jantar especial em comemoração ao Jubileu de Ouro da AABB, para sócios e convidados. Os convites e reservas já podem ser feitos na secretaria do clube ou pelos telefones 3471-1611 ou 998-965-674.


A AABB está aceitando a adesão de novos sócios comunitários sem a cobrança de qualquer taxa de inscrição. O clube oferece campos de futebol, campo de futebol suíço iluminado, quadra de tênis, sauna, piscina e lago para pesca. Além disso, o salão de festas foi ampliado em mais de 90 metros quadrados para oferecer mais espaço e conforto aos associados e interessados na realização de eventos em geral.


O diretor do Sindicato dos Empregados no Comércio de Garça, Geraldo Alves dos Santos, está apoiando inteiramente a iniciativa do prefeito João Carlos dos Santos, em restabelecer os desfiles cívicos na cidade. O primeiro acontecerá na sexta-feira da próxima semana, em comemoração ao Dia do Município. E não ficando apenas na teoria, Geraldo garante que no próximo desfile, no dia 7 de setembro, o Sindicato dos Comerciários estará participando com uma representação de associados ou alguma alegoria. Um exemplo que deve ser seguido pelas demais entidades não só sindicais, como de serviços sociais e benemerentes da cidade.


E por falar no Sindicato dos Comerciários, a inauguração de sua nova sede, localizada na Rua Carlos Ferrari, deverá acontecer no dia 27 de junho. O presidente da Federação dos Comerciários, Luiz Carlos Motta, passará o dia em nossa cidade e às 18 horas participará da inauguração da sede do sindicato, que contou com o seu apoio e incentivo para se concretizar. Junto com Luiz Carlos Motta virá a diretoria itinerante da Federação que se reunirá em Garça no dia 27 de junho, juntamente com lideranças regionais da categoria. Provavelmente à noite, Motta receberá o título de Cidadão Garcense que lhe foi outorgado no ano passado pela Câmara Municipal.


O leitor Renato Rodrigues, morador na Rua João Gomes Balera, no Jardim Brasil, nos procurou para reclamar contra os veículos que circulam pela cidade, com seus aparelhos de som funcionando em grau máximo. O pior de tudo, segundo nos contou o leitor, é que eles não se limitam a exibir a potência de seus equipamentos sonoros apenas durante o dia. Uma boa parte deles gostam de passar pelas ruas dos bairros, predominantemente residenciais, à noite ou de madrugada. O som é tão forte que acaba até provocando a vibração das vidraças das casas. Fica o registro da queixa e o pedido às autoridades para que providências sejam tomadas para se evitar esse abusos contra o sossego alheio.


Quinta-feira da próxima semana, Garça deverá ganhar mais uma moderna agência bancária, com a inauguração do Banco Sicredi, na Rua Manoel Joaquim Fernandes, 22. Até aqui essa filial do sistema Sicredi vem funcionando junto com a representação da Unimed, que fica ao lado. Agora passará a ocupar prédio próprio construído especialmente para receber as instalações bancárias.


As cooperativas de crédito estão em grande desenvolvimento em nosso país e pretendem ampliar os aportes em sistemas de tecnologia neste ano. O Sicredi já reune 3,5 milhões de associados e prevê alocar R$ 287 milhões na área, em melhorias no aplicativo de celular, no sistema de cadastro e na mudança dos softwares internos da companhia. A ideia não é se tornar um banco digital, mas a tecnologia será o principal foco do sistema em 2017. Por outro lado o Siccob, outra cooperativa de crédito que também opera em nossa praça, tem outros 3,6 milhões de associados e destinou recursos na ordem de R$ 263 milhões também para o setor de informática. Como se observa, o sistema cooperativo de crédito vem com tudo para conquistar a clientela garcense.