Edição: 11967 Data: 23/03/2017

Notícias - Policial

Polícia Militar recupera produtos furtados

21/03/2017 -

Maior parte dos produtos furtados foi recuperada (Foto cedida John Lenon – Rádio Centro Oeste) 

 

No último sábado, 18, a Polícia Militar em Garça conseguiu recuperar vários objetos que haviam sido furtados na sexta-feira (17) em uma residência da Rua Paraíba. Segundo informações recebidas pela PM, os possíveis autores seriam um maior e outro menor, sendo ambos bastante conhecidos dos meios policiais. No final, a ocorrência no sábado terminou com a identificação de autores de furto qualificado e de receptores, além da devolução de produtos furtados.


“Um caso de receptação dando conta de um furto ocorrido na sexta-feira. Recebemos informações dos possíveis autores, sendo um maior e um menor, ambos bastante conhecidos dos meios policiais pela prática de furto e, juntamente com outra equipe e um investigador de Polícia que acompanhou a ocorrência, fomos até a residência desses indivíduos, sendo localizados alguns objetos furtados na residência dos mesmos, onde eles também confessaram a autoria”, falou cabo Sérgio, da Polícia Militar.


Segundo o policial, além de confessar o furto, os indivíduos indicaram dois receptadores que teriam adquirido alguns objetos dos mesmos. A polícia se deslocou até a residência desses dois receptadores e foram localizados com ambos os produtos furtados. Todos os indiciados foram conduzidos ao Plantão Policial, onde a vítima compareceu e reconheceu os objetos como de sua propriedade. Os autores foram ouvidos pelo delegado de Polícia e posteriormente liberados. Os objetos furtados foram devolvidos à vítima.


“Foram recuperados perfumes, relógios, correntes de ouro. Um detalhe dessa corrente de ouro é que ela vale 7.500 reais e foi vendida por 180 reais para o receptador. Também tinha notebook, bicicleta, máquinas fotográficas e uma infinidade de objetos que foram todos recuperados e devolvidos à vítima”, falou o policial.


De acordo com o policial existe uma filmagem que evidencia a participação dos dois acusados no delito. “Foi um trabalho de investigação feita pela nossa equipe, num furto ocorrido em nossa cidade no dia 17 de março pela manhã. Os serviços investigativos obtiveram-se por imagens a qualificação e a autoria do furto. Nesta data, com apoio da Polícia Militar, dando continuidade aos trabalhos, fomos até a residência do autor, sendo que já foi vista uma bicicleta que foi furtada da residência e ele, imediatamente, admitiu a autoria delitiva e disse que teria ficado com parte dos objetos e vendido uma corrente de ouro a um estabelecimento de nossa cidade”, falou o delegado Gustavo Danilo Pozzer.  


De acordo com o delegado, na residência do menor, o mesmo disse que nenhum objeto tinha ficado com ele, mas apontou uma oficina de motos da cidade onde teria deixado uma pasta com a outra parte da res furtiva.


O delegado lembrou que os trabalhos de investigação culminaram com o esclarecimento do furto qualificado e a recuperação de grande parte do material furtado, inclusive com a identificação dos receptadores. Será instaurado inquérito policial para apurar as responsabilidades tanto de quem furtou como de quem possa ter receptado os objetos.


A Polícia, segundo o delegado, continuará com as investigações, com o objetivo de localizar o restante do material que foi furtado.


“Quem furtou responderá pelo crime de furto qualificado. No caso o maior de idade que se utilizou de um menor, responderá também pelo crime de corrupção de menores. O menor será responsabilizado na Vara da Infância e Juventude pelo cometimento do furto e os demais que estavam com material furtado responderão pelo crime de receptação”, disse Pozzer.

Mais Notícias