Edição: 11689 Data: 11/02/2016

Notícias - Garça

Artes cênicas: Oficina Tarsila do Amaral oferece atividades culturais gratuitas em fevereiro e março

11/02/2016 -


Todas as atividades e oficinas, nas mais variadas áreas, como interpretação, são gratuitas e abertas a todos os interessados da região 

Oferecendo atividades de formação em áreas como teatro, dança, fotografia e literatura, as Oficinas Culturais do Estado de São Paulo convidam a todos os interessados da região a comparecer em dois, de vários encontros, promovidos pela Oficina Tarsila do Amaral, em Marília.

No dia 20, a partir das 10 horas acontece a palestra O corpo na cena contemporânea. Ministrada pela artista Valquíria Vieira, a palestra parte de um panorama de referência das artes da cena atual, abordando temas como presença, performatividade e a tensão entre realidade e ficção, considerando o corpo como matéria primordial para a criação de procedimentos dramatúrgicos. A palestra O corpo na cena contemporânea é uma atividade realizada através de uma parceria com o Projeto de Qualificação em Dança e Projeto Ademar Guerra.

Sobre a palestrante: Valquíria Vieira é artista da dança e do teatro, especialista em Técnica Klauss Vianna pela PUC-SP e graduada em Comunicação das Artes do Corpo-PUC-SP (Dança e Performance). É integrante fundadora da Cia. Corpocena com a qual pesquisa e cria dança contemporânea, explorando seus limites com outras linguagens artísticas. Foi educadora de dança e teatro no programa Fábricas de Cultura e orientadora artística no projeto Ademar Guerra. Atualmente, é analista sênior do programa de Qualificação em Artes.



Oficina de interpretação e direção de atores

Ainda na área das artes cênicas, a Oficina Cultural Tarsila do Amaral avisa que estão abertas as inscrições para a oficina de interpretação e direção de atores, com Rodrigo Grota. O horário para efetuar a inscrição gratuitamente vai das 10h30 às 20h30. A oficina acontece entre os dias 14 e 17 de março, das 18h30 às 21h30 e apresentará conceitos teóricos ligados à linguagem audiovisual, no que diz respeito à interpretação e preparação de atores para a realização de um filme. A partir de exercícios práticos, proporcionará um contato mais próximo com o universo do ator e o cinema, a composição dos diálogos e a criação das personagens.

A oficina de interpretação e direção de atores é uma realização do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria do Estado da Cultura, Instituto Poiesis e Oficinas Culturais do Estado de São Paulo.



Oficinas Culturais do Estado de São Paulo

As Oficinas Culturais realizam atividades gratuitas de formação e difusão cultural em diferentes linguagens artísticas: artes plásticas, audiovisual, circo, performance, histórias em quadrinhos, dança, fotografia, literatura, música, teatro e gestão cultural.

São cursos, palestras, oficinas, workshops, espetáculos e exposições para todos os públicos. Existem 15 unidades das Oficinas Culturais no Estado de São Paulo que atendem cerca de 400 municípios - Capital: OC Oswald Andrade – Bom Retiro, OC Alfredo Volpi – Itaquera, OC Casa Mário de Andrade – Barra Funda, OC Juan Serrano – Cohab Taipas, OC Mazzaropi – Brás, OC Metropolitana – Grande São Paulo; interior e litoral: OC Pagu – Região de Santos, OC Gerson de Abreu – Região de Iguape, OC Grande Otelo – Região de Sorocaba, OC Fred Navarro – Região de São José do Rio Preto, OC Sérgio Buarque de Holanda- Região de São Carlos, Araraquara e São João da Boa Vista, OC Tinochenco Wehbi – Região de Presidente Prudente e Araçatuba, OC Tarsila do Amaral – Região de Marília e Bauru OC Carlos Gomes - Região de Limeira e Campinas, OC Altino Bondesan – Região de São José dos Campos e OC - Cândido Portinari – Região de Ribeirão Preto.

Também se englobam à rede de Oficinas Culturais o Programa de Qualificação em Artes, composto pelo Projeto Ademar Guerra e Projeto de Qualificação em dança, que tem com ação principal a orientação artística a grupos, companhias ou coletivos no interior, litoral e região metropolitana de São Paulo, exceto capital. Oficinas Culturais é um Programa da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo que atua desde 1986 na formação e na vivência da população no campo da cultura. O programa é administrado pela organização social Poiesis– Instituto de Apoio à Cultura, à Língua e à Literatura.



Oficina Cultural Tarsila do Amaral - Marília

Inaugurada em agosto de 2005, a oficina faz uma homenagem à pintora Tarsila do Amaral, artista que revolucionou a arte no Brasil. A oficina se instalou em 2015 no mesmo prédio que abrigou a primeira Delegacia Regional de Cultura, na década de 80.

As atividades que a oficina desenvolve atendem ao público de uma região de 49 municípios e completa as ações culturais já desenvolvidas nesta região de grande efervescência cultural. 


Mais Notícias