Garça,
Central do Assinante
Jornal Comarca de Garça

Postado em 07/10/2017 às 09:00

Semana de 7 a 13 de outubro de 1977

Iniciamos agora o nosso mergulho semanal no Túnel do Tempo, relembrando os principais acontecimentos ocorridos em nossa cidade, na semana de 7 a 13 de outubro de 1977, há 40 anos, graças a pesquisas efetuadas nos arquivos de “Comarca de Garça”.

A cidade, engalanada, recebia no dia 7 de outubro, uma sexta-feira, a visita do governador Paulo Egydio Martins. Por volta das 11 horas, teve início o desfile escolar na Rua Carlos Ferrari, e o governador ficou satisfeito quando uma faixa de corintianos de Garça foi erguida, saudando o corintiano governador. Paulo Egydio ergueu os dois polegares em sinal de aprovação, enquanto a Banda Santa Cecília executava a marchinha “Coração Corintiano”.

Após o desfile, o prefeito Francisco de Assis Bosquê saudava o governador afirmando que “Garça é pequena na sua contextura geográfica, física e urbana, ilhada pela falta de estradas, mas esconde nos seus armazéns, não o ouro negro do petróleo, mas o ouro verde do café, que sustenta esse país. São mais de 500 mil sacas esperando preços e aguardando o trabalho do governador junto ao Governo Federal”. Assis Bosquê, por último, falou sobre a estrada Garça-Álvaro de Carvalho, de importância vital para que nossa cidade restabeleça o movimento econômico com a região pela noroeste do Estado.

Agradecendo pela recepção, o governador Paulo Egydio comentou a maneira carinhosa como o povo o aplaudiu em suas andanças pela cidade. Em várias esquinas disse que ouviu a mesma pergunta: governador, o Corinthians vai? E ele respondeu: Vai! Sobre a estrada Garça-Álvaro prometeu: “O Chico Bosquê me pede convênio com a Prefeitura para asfaltar Garça a Álvaro de Carvalho. E ele está usando a cabeça, vendendo parte da faixa que era da Fepasa e foi vendida pelo Estado a preço simbólico, para custear a parte da Prefeitura no convênio. Depois de tudo isso, vocês vão ter a estrada”, finalizou debaixo de uma prolongada salva de palmas.

O secretário de Esportes e Turismo, deputado Ruy Silva, que também integrava a comitiva do governador Paulo Egydio, provocava um grande suspense, ao afirmar que no dia 10, anunciaria o atendimento de uma velha reivindicação garcense. E de fato, num encontro na capital com o prefeito Assis Bosquê, o secretário Ruy Silva liberava verba de 500 mil cruzeiros para a iluminação do Estádio Municipal.

Outro resultado positivo da visita do governador, foi o contato mantido pelo prefeito com o presidente da Caixa Econômica Estadual, Nilo Medina Coeli. Assis Bosquê ofereceu um terreno na Faixa de Integração para a Caixa construir seu novo prédio em Garça, e o presidente Coeli ficou de mandar o seu diretor de patrimônio à nossa cidade para estudar os detalhes da permuta, pois o município ficaria com o prédio da Caixa na Rua Cel. Joaquim Piza, esquina com a Carlos Ferrari, em troca do terreno na Faixa de Integração.

No dia 6 de outubro, no Colégio Comercial de Garça, o professor e poeta Cesarino Avino Sêga, procedia o lançamento de seu livro “Quando canta a natureza”, contendo 65 sonetos em 100 páginas.

Na urna que serviu de pedra fundamental para a sede do Grupo Escoteiro Santo Antônio e que foi lançada no dia 2 de outubro de 1977, além de exemplares do jornal “Comarca de Garça” foram ainda colocados uma poesia do professor Cesarino Avino Sêga, a respeito do evento e ainda pedaços de madeira cultivada por Baden Powell, iniciador do movimento escoteiro.

Prefeitura revelava detalhes da importante conquista, a pavimentação da estrada Garça-Álvaro de Carvalho. O despacho do governador ao pedido de celebração de convênio, foi o seguinte: “Ao secretário de Transportes, Thomaz Magalhães, autorizo a construção de rodovia nos termos do convênio proposto pela Prefeitura de Garça. Garça, 8 de outubro de 1977”. A participação do município nessa grande obra rodoviária seria a seguinte: doação da faixa de domínio de toda a rodovia, numa extensão de 15.636 metros e na largura de 30 metros; fornecimento ao DER de 30 mil sacas de cimento para a aplicação na rodovia; fornecimento de outros materiais, mão de obra e equipamento a critério do DER e até um montante de 4 milhões.

Em jogo onde perdeu inúmeras chances de gol, o Garça Futebol Clube era derrotado em Tupã pelo placar de 2 a 0. Neste jogo válido pela terceira rodada da fase de repescagem do Campeonato da Primeira Divisão, o Garça jogou com Valter, João Azevedo, Cláudio Belon, Pedroso e Nelson; Wilson, Cacau e Osmar; Túlio (Haru), Gino e Cláudio Donizete.

Contando com as presenças do prefeito Francisco de Assis Bosquê e autoridades municipais, principalmente da área do ensino, era inaugurado na manhã de 4 de outubro, o laboratório da Escola Estadual de 2º Grau Deputado Paulo Ornellas Carvalho de Barros. A inauguração fazia parte das comemorações de mais um aniversário da escola. O custo do laboratório atingia a 600 mil cruzeiros e foi doado pela antiga Diretoria do Ensino Agrícola. Uma placa contendo o nome do patrono da escola, o saudoso deputado Paulo Barros, foi descerrada pela sua esposa, dona Alice, como homenagem ao ilustre político e homem público garcense.

Para a conclusão da reforma e ampliação de sua sede social, o Grêmio Teatral Leopoldo Fróes, entrava em negociação com a Caixa Econômica Estadual, visando à concessão de um financiamento no valor de 300 mil cruzeiros. O presidente do Grêmio, José Alfredo de Oliveira Lima, aproveitou a presença do presidente da Caixa em Garça, durante a visita do governador, dia 7 de outubro, para iniciar os primeiros contatos sobre o empréstimo.

Em homenagem ao Dia da Criança, o núcleo artístico da Escola Santo Antônio realizava no dia 12 de outubro, um recital infantil de seus alunos dos cursos de piano e violão. Estariam se apresentando Adriana Gomes de Castro, Adriane Velasques Lopes, Alexandre Ferreira da Silva, Ana Cristina A. de Souza e Souza, Ana Cristina Morad Garcia, Ana Paula de Freitas Chiari, Andréa Ottonicar Telles, Antônio Cesar Teck, Arlington Nunes Freitas, Cláudia Gomes de Castro, Cláudia Meguerditchian, Cláudia Valencio Conessa, David Ferreira da Silva, Edmara de Castro, Josemeire Peres, Lúcia Ferreira Volponi, Luciana Lopes da Silva, Luciane de Oliveira Perez, Maria Cecília Scurachio Salles, Maria Cristina T. Delicato, Maria Cecília Scurachio Salles, Maria Tereza L. Fernandes, Patrícia Manchini de Souza, Roberta Ferreira de Castilho, Roberta Marins de Sá, Rodger Millan Giancoli, Rosemary Matsunaga, Rosilângela Bellei Marangão, Silvio Augusto Portellinha Castro, Telma Sanches de Andrade e Vanessa Marnie de C. Pégolo.

Leia Também

Finados: reformas em túmulos devem ser feitas até o próximo dia 25
Ministério Público instaura inquérito  civil sobre projeto aprovado na Câmara
Estudante de 12 anos urinou em armário dentro da sala de aula em Garça
Semana de 21 a 27 de outubro de 1977
Home Geral - Policial - Região - Garça - Esportes - Editorial - Variedades - Social
Home - Contato
Jornal Comarca de Garça
Praça Pedro de Toledo, 235, Garça - SP
Fone/Fax (14) 3471-0782
Quem Somos | Edição Impressa | Assine | Contato
Desenvolvido por StrikeOn